Lisboa - Portugal

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© Todos os direitos reservados

Coletivo Lagoa

criação clara.b

Aprendemos como artistas, mães, pais, educadores, pertinho dos nossos filhos e amigos, que aquilo que lhes interessa não é necessariamente aquilo que é pensado especialmente para eles. E o que acontece é, muitas vezes o que lhes interessa também nos comove. É mútuo. JUNTO nasceu mesmo aí. É um espetáculo-instalação que acolhe pessoas dos 0 aos 3 anos, as suas famílias e amigos, desejando criar um encontro intergeracional.

JUNTO revela uma cenografia interativa, composta por camadas de tecidos espalhados pelo palco, convidando-nos à diversas perspectivas. Pede uma proximidade concreta com os bailarinos, levando-nos aos poucos, a mergulhar no palco-cenário. É uma criação que parte do corpo e do encontro, na qual a dança é o meio de materialização de uma dramaturgia própria, que vem sendo desenvolvida há mais de quinze anos pelas pessoas que integram o Coletivo Lagoa em Portugal.

Em dezembro de 2018 estreamos em Lisboa, numa co-produção com o Teatro da Trindade/Fundação Inatel. Ao longo dois meses, realizamos cerca de 30 sessões para famílias e escolas, chegando à aproximadamente 800 pessoas.

Este convite performativo fala-nos dum olhar que partilha algo da natureza da arte. Tem a ver com o movimento em si e por si só… a dança, o som, a vida, o estar junto. É um desejo de criar um espaço não hierárquico de encontro entre os corpos pequenos e grandes. Um acontecimento que seja experienciado em conjunto pelos artistas que criaram a peça e as pessoas que vêm mergulhar nesta aventura, numa implicação comum que vai diluindo as distinções entre o que é a fruição da pessoa-criança e a fruição da pessoa-adulto. É um espetáculo intimista e, neste sentido, proporciona um espaço afetivo e acolhedor. Um exercício de imaginação e de reinvenção de si.

 

JUNTO traz um lugar sensível onde é possível atravessar a experiência artística numa afinação conjunta. Contribuindo para o despertar do interesse cultural desde os primeiros anos de vida, estende-se à toda a família.

 

É ainda, a oportunidade de aprofundar e ampliar uma linguagem artística, um importante passo na consolidação do trabalho de formação de públicos que o Coletivo Lagoa vem buscando.

 

Com instrumentos que se transformam em bichos, gestos, danças e sons que ampliam o imaginário. Com ternura, com alegria, com ritmo, até com uma declaração de amor a um contrabaixo, com tendas e elefantes de faz de conta. JUNTO traz um tempo para pousar e tecer o amor entre quem vai crescendo lado a lado nesta grande aventura que é a vida.

Ficha técnica

Encenação e criação: Mariana Lemos

Criação e performance: Clara Bevilaqua e Guilherme Calegari

Produção e serviço educativo: Lysandra Domingues

Criação sonora: Pedro Boléo Rodrigues e Coletivo Lagoa

Desenho de luz: Sérgio Moreira

Figurino: Rita Gonzaga Gaspar

Confecção dos figurinos e adereços com apoio do Atelier Maria Gonzaga

Cenografia: Baileia - arte e infâncias

Vídeo, fotografia e instalação-móbile: Catherine Boutaud

Captação e edição: Rui Santos

Músicos: Francesco Valente, Pedro Boléo Rodrigues

Estúdio de gravação: Pimenta Preta

 

Apoio à criação:

cem-centro em movimento.

Apoio: Fundação GDA

Residências artísticas: CNB/Estúdios Victor Córdon, UAI Q DANÇA/Brasil.


 

Agradecimentos:

Sofia Neuparth, Cristina Vilhena, Maria Gonzaga, Cláudia Hortêncio, Camila Soares, Joana Louçã, Gabriel Diab Raposo, Juana e Sofia Navarro, Salvador e Mona Camargo, Francisco e Dinis Fernandes, Lara e Bruno Moraes Cabral, Família Domingues Pereira, Renata Hardy,  as crianças e famílias que participam da Baileia.

 

Uma criação do Coletivo Lagoa em co-produção com o Teatro da Trindade/ Fundação Inatel